Pages

15 de setembro de 2014

VyOS + GNS3: Problema com Nomes da Interfaces

Certamente quem já trabalhou com servidores linux já teve problemas com a questão de nomes de interfaces.

Seja criando nomes novos ou simplesmente invertendo o nome das interfaces, o udev sempre deu bastante trabalho nesse sentido.

No VyOS não é diferente, e quando precisamos emular várias imagens, a cada uma delas "resetamos" os macs, para que em cada imagem tenhamos macs diferentes.

Porém, quando você boota a primeira vez o VyOS, ele armazena os macs e nome das interfaces ( assim como qualquer outro linux ), depois de feito isso, se você clonar essa imagem, seja no VirtualBox ou no Qemu, você terá problemas, pois ele vai encontrar um novo mac e criar um novo nome para cada interface.

Assim, pode acontecer de em uma máquina você ter a eth0, e em outra, clone da mesma, não.

Para ter certeza de que as interfaces serão criadas da forma certa e que não haverá mudanças em cada boot ou ao clonar, execute essas configurações:

Logue no VyOS normalmente, depois execute o comando abaixo para ter acesso ao bash.

sudo bash  

Agora, precisamos renomear o arquivo vyatta_net_name que fica dentro de /lib/udev se o sistema for 32bits ou em /lib64/udev se for 64.

cd /lib/udev/
mv vyatta_net_name vyatta_net_name.old 

Precisamos adicionar o seguinte conteúdo no arquivo 75-persistent-net-generator.rules ( se você já estiver na pasta udev, basta entrar na rules.d ).

ENV{MATCHADDR}==”0*”, ENV{MATCHADDR}=””

O caminho completo para o arquivo é:

/lib/udev/rules.d/75-persistent-net-generator.rules
/lib64/udev/rules.d/75-persistent-net-generator.rules

Adicione o conteúdo acima utilizando o editor vi.

Feito isso, basta desligar a máquina e clonar a vontade.


Postar um comentário